Crônicas

Casos terminais de mudança

– 23/03/2015
Deitado

Imagem: Vector Portal.

 

1. Mudança de guarda-roupa. Está achando tudo muito estranho. Não consegue suportar, não consegue achar nada que procura. Sujeito a morte por raiva aguda enquanto procura uma cueca limpa na gaveta de meias.

2. Mudança de carro. Não consegue usar a marcha automática. Sujeito a morte por batida enquanto deveria estar parado.

3. Mudança de celular. Deve transferir todos os contatos. Sujeito a morte enquanto grita com o celular e não vê que tem uma escada a sua frente.

4. Mudança de esposa. Varia dependendo da mudança. Em certos casos, se tem morte frequente por superfaturamento da memória enquanto tenta descobrir de quem é o criado-mudo da cozinha na hora de dividir os bens.

5. Mudança de casa. Deve lidar com engenheiro, arquiteto, decorador etc. Principal complicação: sujeito a morte por crise nervosa enquanto grita com um convidado que não botou o copo de cerveja no porta-copo, estragando a nova mesa de centro feita com madeira de reflorestamento.

6. Depois de ler os casos terminais acima, acaba não mudando nada em sua vida. E até hoje mora com os pais e assiste a desenho animado enquanto come salgadinho. Garantia de felicidade.

 

Filipe Saboya Santos tem 16 anos e está no segundo ano do ensino médio. Começou a escrever, principalmente crônicas, há pouco mais de um ano.

 

Texto publicado na edição 1 da revista Eels.

Voltar ao sumário

Deixe um comentário

Nome *




* Campos obrigatórios

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba atualizações do site

Powered by FeedBurner

 

Livraria Cultura - Clique aqui e conheça nossos produtos!

 

 

Copyright © 2009 Literatsi. Todos os direitos reservados.
Powered by WordPress